quarta-feira, 12 de julho de 2017

|PJ EM FOCO| Paulojacintense irá representar Alagoas no 12º CBFD - Campeonato Brasileiro de Futebol Virtual e Digital

        O campeonato alagoano foi realizado no dia 09/07/2017 onde participaram 128 cyber atletas. O campeonato teve duração de 13 horas, Robério Santos enfrentou jogadores bastantes experientes e favoritos a ganhar ao título alagoano , onde acabou vencendo o Roberto nas quartas de finais e ao Daywid nas semi-finais e na grande final , acabou ganhando do conterrâneo Sávio Lima, que treinavam juntos há tempos, o placar foi de 2-1 .


         Era um sonho de Roberio desde criança ser campeão alagoano . Agora irá representar o Estado em Brasília no Campeonato Brasileiro nos dias 23-24 de setembro de 2017.

Robério: "- Quero agradecer a todos os amigos de treinos : Felipe Pedrosa, ao meu professor Genilson que me ensinou a jogar games e ao mestre Hakab e ao parceiro Jean. A sensação de ser campeão do meu Estado é algo inexplicável. Agora irei dar continuidade aos meus treinos para tentar colher mais frutos no brasileiro deste ano."


Mais em: http://www.tribunahoje.com/noticia/215624/esporte/2017/07/12/campeo-alagoano-de-futebol-digital-se-prepara-para-competico-nacional.html

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Boa noticia! Os 12 milhões dos precatórios do fundef serão desbloqueados e entraram no cofre da prefeitura neste dia 12/07.

      Dinheiro dos precatórios foram liberados, 12 milhões de reais entraram nos cofres da prefeitura para o governo municipal trabalhar pelo povo e pela cidade.          

         Essa ação do fundef é oriunda desde o mandato da então prefeita Elma Sales há 20 anos atrás. O valor da liberação tramita na Justiça Federal  e a liminar do Tribunal de Justiça de Alagoas,  o dinheiro que estava "perdido" e agora a União irá repassa a Paulo Jacinto será muito bem vindo, pois a cidade vive um momento de retrocesso e sofre com a falta de estrutura e qualidade de vida, um comercio parado, falido, a cidade não gera renda e muito menos emprego para minimamente viver.
         O montante é oriundo de ações movidas pelos municípios contra a União, por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), durante o período de 1998 a 2007.


         Paulo Jacinto receberá aproximadamente 12 milhões de precatórios do "FUNDEF", logicamente que esse montante terá um grande impacto na economia da nossa cidade, minimizando as injustiças que foram cometidas ao longo desses anos com os professores e o pessoal de apoio da EDUCAÇÃO.
         Os servidores da educação entrou com um processo para bloquear o valor 60% do precatório do Fundef e assim ter direito ao rateio, foi concedida uma liminar onde os professores tem direto ao montante e o resultado já saiu.

O que daria para fazer com 12 milhões numa cidade pequena como nossa?


veja mais: http://terradobailedachita.blogspot.com.br/2016/09/repasse-milionario-precatorio-do-fundef.html - Repasse milionário: Precatório do Fundef, montante é oriundo de ações do fundo movidas entre 1998 e 2007. 

Ricardo Mota:  http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2017/07/11/41-prefeituras-de-alagoas-vao-receber-mais-de-r-1-bi-de-precatorios-do-fundef-nesta-quarta/


Veja o documento completo no nosso grupo de whatsapp


|PJ EM FOCO| Paulojacintense foi reconhecido e premiado




O Prêmio José Marques de Melo de Jornalismo em Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas tem como objetivo sensibilizar e fomentar a produção jornalística de trabalhos que retratem a importância da ciência, tecnologia e inovação na sociedade e valorizar iniciativas nesta área. O fornecimento de instrumentos aos cidadãos para tomada de decisões em assuntos de interesse público é imprescindível, uma vez que o impacto da produção científica e tecnológica afeta diretamente as pessoas.O Prêmio de Jornalismo Científico é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas. Tem a coparticipação do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal) e conta com o patrocínio do Condomínio Maceió Shopping.
         O Prêmio homenageará um dos ícones do Jornalismo e Comunicação no Brasil: José Marques de Melo. Nascido em Palmeira dos Índios (Alagoas), é jornalista, professor universitário, pesquisador científico e consultor acadêmico. Foi o primeiro Doutor em Jornalismo titulado por universidade brasileira (1973) e Docente-fundador da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).
         Atualmente é docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo, sendo Titular da Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e Diretor-responsável da Revista Brasileira de Ciências da Comunicação. O homenageado é autor de dezenas de livros de jornalismo e comunicação que se tornaram referência para a área.
         Está foi a primeira edição do prêmio e premiou as melhores reportagens na área da ciência, tecnologia e inovação de Alagoas.
         Entre os jornalistas premiados está o Paulojacintense Lucas França, que conquistou dois troféus. Na categoria Jornalismo Impresso/Texto ele conquistou a terceira colocação com a reportagem “Aplicativo promove acesso à cultura para deficientes visuais”, publicada no jornal Tribuna Independente. Já na categoria Webjornalismo, Lucas ficou com a segunda colocação com a reportagem “Farmácia Viva: Ufal e sabedoria popular unem-se em prol da saúde da população”. publicada no portal Tribuna Hoje.

         Esses são os primeiros prêmios como profissional (jornalista por formação) na carreira do jovem. Formado há pouco mais de dois anos. O jornalista já se destaca nas premiações do jornalismo alagoano.

Como uma fênix que renasce das cinzas a Só Capim Canela voltou

Após 16 anos do seu surgimento, o grupo que foi o orgulho da cultura paulojacintense na primeira década dos anos 2000, a Quadrilha Junina Só capim Canela arrastou um grande público para apresentação de reencontro dos membros que aconteceu por volta das 19hs do dia 1 de julho de 2017. A concentração foi na Escola Estadual Deputado José Medeiro berço da sua criança e desfilou pelas principais ruas da cidade onde chamou a atenção de todos.  A praça multieventos no centro da cidade ficou lotada com o público que foi prestigiar a apresentação do grupo junino. Muitas pessoas  ligaram o aparelho celular para gravar e fotografar a apresentação.
         A apresentação prendeu a atenção dos que estavam presente na praça, crianças, jovens, adultos, idosos e alguns autoridades e patrocinadores marcaram presença; foi um bela apresentação.
         Na composição houve um encontro de gerações onde vários componentes de outras edições da quadrilha participaram, desta vez se reunião para arrastá pé mães, filhas, filhos, tios, irmãos e até mesmo pessoas que vieram especial da capital só para participar da apresentação.
         A quadrilha fez uma homenagem aos eternos amigos que se foram; Marciléia Oliveira,  Aline Correia, Cristiano (magão) e Felipão.
         Ao termino da apresentação o grupo foi bastante aplaudido e logo se dirigiram ao espaço do Mimi (Profº Edmilson da RD) para se apresentarem novamente e confraternizarem entre si.
         Foi com o apoio de amigos e patrocínio de algumas pessoas da comunidade e também autoridades que o grupo realizou a apresentação, mostrando a capacidade e o potencial que nossa população tem, só falta incentivo e investimento em cultura, esporte e demais áreas para os nossos jovens, para nossa gente.
         Para Milton Pedro foi muito bom receber o carinho dos paulojacintenses, o mesmo se disse surpreso  "não imaginei que a nossa JUNINA CAPIM CANELA arrasta-se tanta gente para Praça naquele dia frio e chuvoso; muito feliz por tudo..SÓ tenho a agradecer aos antigos e novos componentes e aos amigos paulojacintenses pelo apoio."
         O está confirmado como uma das atrações da Festa da Chita e se apresentaram mais uma vez em praça pública para a alegria dos fãs da QJSCC.