sexta-feira, 12 de abril de 2013



Estudante de engenharia civil da UFAL lança livro em Paulo Jacinto 

O estudante de Engenharia Civil da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Diego Lima, 19 anos, lança no sábado (20) o livro Sanha das Águas. O evento acontece na Escola Deputado José Medeiros, na Rua Audálio Ramos e Eunice, em Paulo Jacinto (AL), a partir das 19 horas. De leitura fácil e agradável, a obra está repleta de episódios inusitados e pitorescos do cotidiano da vida das pessoas que vivenciaram a enchente em Alagoas no ano de 2010.Publicado pela editora Multifoco, o livro narra o drama de moradores ribeirinhos dos Vales do Mundaú e Paraíba, principalmente os do município de Paulo Jacinto que em uma sexta-feira, 18 de junho, viram seus bens e sonhos irem de água abaixo. “- Corre minha gente! O grito de Fernando embalou os minutos seguintes. Junto com ele gritos e lágrimas surgiram por todos os lados, tanto dos curiosos na igreja quanto dos fugitivos da São Pedro que chegavam de todos os lados cheios de trouxas, rádios e até freezers carregados a oito mãos”, diz um trecho da obra intitulado “Desespero”,.
Em Sanha das Águas, Diego não teve a intenção de fazer um documentário. Na verdade, a enchente serviu apenas como pano de fundo para o enredo e assim, o autor buscou fugir da realidade cruel, nua e crua e em suas histórias mesclou romances inocentes e picantes, intrigas, vigílias e solidariedade. No decorrer da narrativa, há o agito das pessoas e coisas, seres humanos e míticos tudo sob o signo do velho Paraíba, o rio, parceiro de tantos tempos, mas que naquela noite fatídica, de maneira sentimental, mostrou a sanha de suas águas.De leitura fácil e atrativa a ponto de prender o leitor do começo ao fim, o livro foi dividido em três partes.
Na primeira, traz fatos do início de uma tragédia anunciada e do romance entre Fernando e Ailma, protagonistas do romance, sempre com pitadas de humor. Capítulos como “Água mole” mostram o início do drama vivido pela população atingida pela fúria do Paraíba. E o que dizer de A Invasão, Prejuízos, Quimera de um beijo, Lavagem de dinheiro e a Glória do epitáfio.A segunda, intitulada “Em Fuga”, vem cheia de surpresas e relata os primeiros dias após a enchente, em que Paulo Jacinto esteve isolada do resto do mundo. Entre as confusões e desventuras do conturbado cotidiano das pessoas, o enredo ganha desfecho em “Depois do Fim”, a última e mais romantizada das três partes que compõem a narrativa.Em sua segunda publicação, o aprendiz de escritor, Diego  Lima, presenteia seu público com mais um livro para ler, emprestar e guardar. Quem quiser adquirir Sanha das Águas basta ligar para 9156-5782, acessar facebook.com/sanhadasaguas, ou enviar e-mail para diegoedificacoes@gmail.com. O valor é de R$ 25,00.

O AUTOR- O paulista Diego da Silva Lima nasceu em 16 de janeiro de 1994, na cidade de Campinas, e logo em seguida vai morar em Jundiaí, também em São Paulo. Órfão de pai aos cinco anos, quis o destino que ainda criança migrasse para Alagoas e no dia em que completa seis anos chega a Paulo Jacinto para fincar raízes. Técnico em Edificações pelo Ifal e estudante do 4º período do curso de Engenharia Civil da Ufal, Diego se enveredou pelo mundo dos números, mas seu contato com as letras vem desde os três anos quando aprendeu a ler e escrever. Apesar da pouca idade, Diego já escreveu quatro livros, um foi publicado em 2010 (No Tempo dos Meus Avós) e dois continuam na gaveta. Menino prodígio, ele gosta mesmo é de improvisar. Acostumado em lidar com o público, comanda o programa Espaço Jovem nas tardes de sábado na Radio Educar FM, em Paulo Jacinto, é pesquisador ITI-A da Vale e escreve artigos para jornais.



Fonte:http://www.correiodealagoas.com.br/noticia/9386/cidades/2013/04/11/estudante-de-engenharia-civil-da-ufal-lanca-livro-em-paulo-jacinto.html